terça-feira, 16 de dezembro de 2008

O MUNDO PERDEU UM GRANDE HOMEM

No sabado, dia 13 de dezembro, meu pai, ARTHUR JOSÉ DE OLIVEIRA, deixou esse mundo para ir morar na casa eterna que Seu pai preparou antes do início dos séculos. Meu pai foi estar com o Senhor!

Ele serviu a Cristo por mais de 40 anos e pelo menos 20 anos no ministério de tempo integral como evangelista, pastor, construtor. Ele era membro da Igreja Assembléia de Deus. Como homem evangelista trabalhou duro nas periferias, expondo as pessoas ao Evangelho de Jesus. Na maior favela de São Paulo, construiu a templo da igreja. Era assim o seu trabalho. Evangelizava e quando crescia o número dos fiéis, lutava para construir um lugar para se reunirem. Fez isso na favela da Ricardo Jafet e nos últimos dez anos, numa igrejinha na Vila Moraes. Deixou muitos filhos na fé.

Recordo-me uns anos atrás quando eu estava decidida a deixar o ministério de tempo integral junto a Cruzada Estudantil, ele me chamou e me perguntou: Você vai sair de lá e fazer o que? Você nasceu pra isso. A partir dessa frase, começou a me ensinar como manter-me no ministério. Acima de tudo, disse ele, esqueça as pessoas, o que elas esperam. Faça você o trabalho. Comece a visitar os doentes, visite as famílias e fique com as pessoas que precisam ouvir consolo e o Evangelho. O resto, é conversa. Seu trabalho é esse. Não precisa esperar ser reconhecida por isso, ou que lhe mandem fazer isso. Apenas faça isso. Pregue e esteja com as pessoas.

Hoje olhando pra trás, ele fez exatamente isso. Apenas saiu pregando, responsabilizando-se pelos que oravam recebendo a Jesus, oferecendo ajuda integral para essas pessoas. Não oferecia apenas palavras, mas assistia as pessoas em todas as necessidades. Quando eu era criança, não entendia muito bem isso e confesso que não me agradava isso, mas hoje, eu o vejo como um verdadeiro apóstolo.

Suas últimas palavras quando ainda estavamos em casa foi: 'Ieda, eu esperei Deus me curar e Ele não me curou, mas isso não me afetou em nada. Minha fé não mudou". Ele realmente foi um construtor (sua profissão). Ele construiu não apenas edificio, construiu vidas, edificou ministérios.
Que o Senhor Jesus me ajude a imitar o meu pai.
Se tiver tempo, dê uma passadinha em meu outro blog: http://www.iedamoliver.blogspot.com

domingo, 30 de novembro de 2008

QUITO RECEBE LÍDERES SULAMERICANOS

Na segunda quinzena de Novembro, estive em Quito juntamente com os líderes da América do Sul, participando de uma capacitação para líderes de abrangencia nacional. Foi um tempo extremamente precioso onde além do treinamento, pude ouvir a história de vida de cada um dos participantes. Após a história, um tempo para oração pela pessoa e pela nação representada.

Brincávamos dizendo que era preciso ingrerir muito líquido, pois estavamos todos desidratados em função de tanto choro e quebrantamento! Como foi precioso! Pude notar em quase todas as histórias, que essas pessoas desde muito pequenas tinham sido separados ou consagrados pelos pais para a obra missionária. Outros, embora os pais não sendo cristãos, cresceram com um senso de missão muito grande. Isso nos remete à experiência de Jeremias quando Deus disse a ele que desde o ventre materno, Ele, Deus tinha separado Jeremias. Analisando nossa linha de vida, percebemos que não era nossa história que contávamos, mas a história de Deus na vida de um homem ou de uma mulher. Desde sempre, vimos Deus criando situações soberanas, onde as próprias circunstâncias ajudaram a ser o que somos hoje e apenas cabe à nós, colocar isso tudo à disposição do Reino de Deus.

domingo, 26 de outubro de 2008

V CONGRESSO BRASILEIRO DE MISSÕES


Participei juntamente com a Érica Malta, missionária da Cruzada Estudantil, do 5 cbm em Àguas de Lindoia. Num espaçoso lugar, tivemos a oportunidade de poder escolher vários assuntos temáticos e vários mini-cursos. Durante todos os dias, os devocionais eram apresentados por Bertil Ekstrom, um estudo de Missões no livro de Filipenses. Nas plenárias, Durvalina Bezerra falou sobre a Vocação missionária, Barbara Burns sobre os modelos de treinamento, Alexandre Araujo sobre a relação Igreja e Agencia missionária e Antonia Van Meer sobre o cuidado integral do missionário.


Participar do congresso com certeza foi um momento ímpar para avaliar minhas ações e firmar ainda mais convicções. Com toda certeza, um dos assuntos que me interessou muito, foi sobre o papel da agencia missionária e igreja dentro de missões. Na verdade, vimos que estamos todos do mesmo lado, ao contrário do que alguns pensam. Não somos competidores, mas cooperadores no Reino. Enquanto a agencia pode ter melhor entendimento do contexto em que atua e tipo de missionário que precisa, a igreja local tem conhecimento do candidato e do seu grau de maturidade e preparo espiritual.


Um ponto importante dentro do congresso foi verificar a a tendência do envolvimento de candidatos em missões de curto prazo. Na verdade, há 8 anos a Cruzada Estudantil está atuando com missões de curto prazo, dando a oportunidade para que jovens tenham a experiência missionária, e na prática, "detectem" suas convicções e chamamento. Realmente, nessa cultura imediatista nossa, do fast-food, fica cada vez mais dificil pensar que as pessoas chegarão prontas para missões e com a certeza de servir a Cristo por toda a vida, como era em minha época. Hoje, de maneira geral, os jovens, pensam mais no aqui-e-agora e propor uma experiência missionária assim, os ajuda a perceber o seu chamado .


Fiquei um pouco pesarosa dentro do congresso. Embra oficialmente nada se falou sobre isso, mas o clima "oculto" pude perceber ainda a distinção com que alguns ainda lidam com o missionário nacional e o transcultural. Se o chamamento quem faz é Deus, quem escolhe o lugar é Deus e o que se exige do vocacionado é apenas obediência ao comando de Deus, porque fazemos distinção e de uma certa forma, "privilegiamos" o transcultural em detrimento do nacional? Se é para sair de um bairro e ir para um outro, com dedicação exclusiva à pregação do Evangelho, em obediencia à voz de Deus, então tanto esse quanto aquele, devem obedecer ao Senhor e depois de terem feito tudo, como diz a Bíblia, ainda somos "servos inúteis". Não importa as respostas que dão a essa questão, o que importa é que lá ou cá, estamos fazendo a vontade do Pai e isso é o que importa.


Quero mais é continuar trabalhando no corpo, despertanto, preparando, enviando e cuidando.

domingo, 14 de setembro de 2008

O BRASIL É O 3º PAÍS MAIS RELIGIOSO ENTRE OS JOVENS

Um levantamento realizado em 21 países constatou que o Brasil possui a terceira população jovem mais religiosa do mundo. Segundo pesquisa do instituto alemão Bertelsmann Stiftung, 65% dos jovens brasileiros são considerados "profundamente religiosos", e desta forma, o Brasil possui a terceira população jovem mais religiosa do mundo.

Apesar de 74% dos brasileiros declararem que rezam diariamente, somente 35% disseram viver de acordo com os preceitos religiosos. Veja a matéria toda no site: http://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/ult94u425463.shtml

O que ficou pra mim após ler essa matéria, é que os jovens e os brasileiros em geral, não são alheios à existencia de Deus, sentem a necessidade de uma intervenção de Deus em suas vidas, por isso rezam, mas são resistentes a essa forma de religiosidade que apregoamos hoje de um cristianismo teórico e ritual, que não afeta o nosso comportamento, que não gera o amor, a participação ativa e benéfica em nossa sociedade. Nossos preceitos religiosos hoje em dia está muito mais ligado a frequencia em reuniões do que uma vida mudada. É verdade, que nossa sociedade hoje beneficia o descompromisso total com as coisas, mas sinceramente, eu prefiro alguém que diz que não é religioso mas que está aberto a Deus e o busca de coração do que aquele que diz ser cristão e vive como se Deus não existisse. São ateus práticos!

Acho que esse dado nos ajuda a abordar as pessoas partindo do pressuposto de que elas buscam sim a Deus, reconhecem que precisam de uma intervenção divina na vida, mas não essa estrutura mal testemunhada que vemos por ai. Que Deus nos ajude a abordar as pessoas de modo amoroso, que atenda as suas reais necessidades. Acho que não precisamos de mais religião, precisamos é mais de Deus.

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Evangelismo através da Internet


A Cruzada Estudantil e Profissional para Cristo, disponibilizou uma ferramenta pela internet para evangelização. O site http://www.deusamavoce.com/. é o conteúdo das "Quatro Leis Espirituais", um folheto evangelístico conhecido no mundo inteiro que contém uma mensagem simples do Evangelho de Jesus Cristo.


O diferencial nesse site é que o visitante, depois de fazer a oração indicativa, poderá deixar seu endereço eletrônico e receber acompanhamento através dos mais de 280 voluntários que temos atualmente só no Brasil. Esses missionários da internet poderão acompanhar a pessoa, ajudando-a no crescimento da fé cristã.


Fiquei feliz com a iniciativa porque o Brasil é um dos países que mais acessa a internet e busca vários assuntos no google incluindo o assunto espiritualidade. Que Deus use esse site para que muitos "buscadores" de Deus possa acessar e ter um encontro com Cristo.


Fico pensando que em nossos dias, precisamos procurar todas as formas possíveis de tornar o Evangelho acessível para todas as pessoas.

terça-feira, 19 de agosto de 2008

MISSIONÁRIO É MISSIONÁRIO E PRONTO!

Recentemente meu nome saiu num jornal e ao lado do nome a descrição: "missionária de base". Ao ler, confesso que fiquei um tanto intrigada. Porque não dizer apenas missionária? Tudo bem que o "titulo" não vai acrescentar nada ao que eu faço; mas o que parece é que ao mencionar missionária de base é como se não fosse "de campo".

O que fazer então, quando o "campo" do vocacionado é ficar atrás de uma mesa, pensando em estratégias de alcance, confeccionando materiais evangelisticos, idealizando novas frentes de trabalho, etc.... Será que essa pessoa é menos missionário? Acho que é uma questão de função dentro do campo missionário. É uma questão de cada um ser usado nos dons e habilidades que Deus repartiu a cada um.

Quisera eu que Deus levantasse grandes estrategistas, que se dispossem a servir a Deus com dedicação exclusiva para pensar formas de alcançarmos as grandes metrópoles, estratégias para alcançarmos os grandes executivos, estrategias para alcançarmos os jovens, etc.... Ocorre que normalmente, apreciamos mais os realizadores do que os idealizadores. Não estou falando aqui em termos de ganhar pessoas para Cristo e discipular, porque nesse sentido, todos nós, "missionários" ou não somos chamados para dar frutos. Isso é papel de todo cristão.

Servi a meu Deus por muitos anos trabalhando de casa em casa, com campanhas evangelísticas, evangelizando universitários, treinando cristãos e preparando-os para a obra do Senhor, mas hoje meu papel é mobilizar e apoiar aqueles que estão se dispondo a servir de tempo integral. Dessa forma, meu trabalho agora tem muito maior alcance do que há anos quando eu trabalhava "apenas" em ganhar pessoas para Cristo. Hoje busco não só somar ao corpo de Cristo, mas multiplicar-me em dezenas de outros missionários.

Concluo afirmando que não depende de base ou de campo, mas simplesmente em aceitar o sim de Jesus, abrindo mão de qualquer coisa que por acaso pudesse ganhar no exercício de uma profissão secular, para depender exclusivamente de Cristo, tornando-o conhecido.

Missionário e missionário e pronto!

terça-feira, 3 de junho de 2008

ALGUÉM SE IMPORTA DE VERDADE?

"O pior pecado que podemos cometer contra outros seres humanos não é o de odiá-los, mas sim ser indiferentes a eles: essa é a essência da desumanidade".

Essa declaração sem dúvida, resume o que Jesus ensinou na parábola do bom samaritano e censura todos os que cruzam os braços em complacência, abrem um sorriso agradável e perguntam de um modo um tanto sarcástico: "E por acaso, alguém se importa?".

Essas foram as declarações que ouvi logo cedo, de um amigo que compartilhou conosco um estudo bíblico no livro de Neemias. Esse estudo fez tanto sentido para mim e me tocou tanto, que desejei compartilhar aqui em meu blog. Neemias era o tipo de pessoa que se importava.

  1. Neemias se importou o suficiente para perguntar (1:1-3).
    Ele era judeu, tinha um cargo importante no palácio, mas a despeito do "conforto" de sua posição, se importou o suficiente para perguntar a seu irmão, como andava o seu povo. Será que somos como Neemias, ansiosos para saber a verdade mesmo sobre as piores situações? Somos o tipo de pessoa que se importa o suficiente para parar e perguntar como é que vão as coisas com os outros? Confesso que as vezes sou aquela pessoa que faço pergntas, mas elas são de praxe. Não estou muito disposta a ouvir de fato a resposta. Acredito que no dia-a-dia, minha tendência é ser muito mais robótica, ou seja, pergunta por perguntar sem de fato dispor o meu interior para ouvir.
  2. Neemias se importou o suficiente para chorar (1:4)
    Aquilo que leva as pessoas a rirem ou a chorar, indica com frequencia o seu caráter. Quando Deus coloca um peso em nosso coração, não devemos tentar escapar, pois se o fizermos, perderemos a benção de talvez sermos usados por Ele naquela situação. Neemias ao perguntar como estava o seu povo e ao ouvir a resposta, aquilo mexeu tanto com o seu coração, que ele chorou. Isso significa que ele de fato se importou. Ele não fez uma pergunta apenas por fazer, uma pergunta de praxe: e ai como é que vai? sem ter a disposição de sinceramente ouvir a resposta.
  3. Neemias se importou o suficiente para orar (1:5-10)
    Essa oração é a primeira de doze registrada no livro de Neemias. O livro começa e termina com oração. Neemias não apenas ficou cogitando na resposta que recebeu à sua pergunta, não ficou apenas chorando ao receber a notícia, mas ele orou, entregou ao Deus criador a sua petição. Lógico que em sua oração, ele cogitou com Deus como poderia ajudar naquela situação.
  4. Neemias se importou o suficiente para ser a resposta de sua própria oração (1:11)
    Alguém afirmou com razão que orar não é conseguir que a vontade do homem seja feita no céu, mas que a vontade de Deus seja feita na terra. Porém, a fim de que a vontade de Deus se cumpra na terra, Deus precisa de pessoas dispostas a serem usadas por ele. Neemias planejou sair de seu lugar de conforto para ser a resposta de sua propria oração. Ele não retrucou pedindo para que Deus enviasse outra pessoa, mas se dispos a ir a Jerusalém para ser uma parte da solução. Acredito sinceramente, que muitas vezes minha oração é tão de praxe que eu até choro diante de Deus, mas falta-me muitas vezes a disposição em ser a resposta àquela oração.

Com isso tudo em mente, podemos fazer a pergunta novamente. Alguém se importa de verdade? Eu me importo? Você se importa? Quem se importa vai atrás para saber como andam as coisas, deixa-se tocar com a resposta a ponto de chorar, mas não fica só no choro, no sentimento, se dispõe a orar a ponto de se disponibilizar para ser a a resposta à própria oração. Você se importa de verdade?

quinta-feira, 29 de maio de 2008

PORTUGAL PRECISA DE MISSIONÁRIOS


Um casal amigo, deixou o Brasil e foi para Portugal trabalhar com crianças no ministério da APEC. Recebi o convite deles nesta semana para levar um grupo de brasileiros para um projeto de verão. Abaixo você encontrará informações suficiente para falar diretamente com eles.
Trata-se de um projeto desenvolvimento para pessoas que querem ter uma experiência missionária, alcançando centenas de crianças, adolescentes e jovens para Jesus e, aproveitando a viagem, conhecer as mais belas praias da Europa. Veja as opções:
  • Opção 1*: Projecto Costa de Prata: Inclui um acampamento, treinamento e Tour.
  • Opção 2: Acampamento Boas Novas
  • Opção 3 : Passa ao Cabo Verde e ajuda-nos - 2 semanas em Cabo Verde fazendo a Opção
*Se tiver interesse fale primeiro com a liderança da sua igreja e depois com eles:
APECP - Aliança Pró-Evangelização de Crianças de Portugal
Andre e Daniela Mendes
Largo Manuel Henriques Junior, 12
3100-500 - Pombal - PORTUGAL

Fone: 351+ 938 217 124

sábado, 24 de maio de 2008

UM MILAGRE "ELÉTRICO"

Como sabem, em Março mudamos a sede da Cruzada Estudantil para Vila Mariana, estação Ana Rosa do Metrô. Assim que nos mudamos, entraram na casa durante a madrugada e furtaram todos os nossos equipamentos de informática e outros. Praticamente, tudo o que tinha de valor se foi!

Deus milagrosamente, mobilizou pessoas de vários lugares, inclusive dos EUA para repor o que perdemos. Estamos equipados, prontos para as demandas administrativas do ministério. Agora que tudo está ok, estamos focando a parte elétrica da casa por questão de segurança. Procuramos alguns eletricistas, mas graças a Deus, depois de muitas tentativas, conseguimos que o eletricista que trabalhou na casa durante a reforma viesse nos atender. Uma parte da casa estava sem energia. Surpreso com a situação, nosso amigo assegurou que entregou a casa para o proprietário com tudo funcionando.

Acontece que, antes de nos mudarmos a empresa responsável por montar a rede dos computadores trabalhou na casa e outros também. Quando o eletricista conferia de onde vinha a interrupção da energia para a cozinha, descobriu que ao fazerem a instalação da rede, danificaram o conduite de energia num ponto e os fios ficaram literalmente "esmagados". Esse "prensamento" fez com que os fios ficassem tão amassados dentro do conduite que gerou um curto circuito. Finalmente quando os fios foram cortados e emendados pelo nosso eletricita, vimos o estrago que estava a nossa parte elétrica.

Nessas alturas eu já sabia que o eletricista é um cristão, muito comprometido com Deus e me fez entender que Deus guardou nossos equipamentos de serem queimados ou sofrermos um incendio na casa.

Fiz orçamento com outros profissionais para arrumar a energia na cozinha e fazer o aterramento da casa, mas graçasa Deus, como nosso irmão conhecia a casa e tudo o que nela havia, descobri que a casa estava "aterrada" só precisavamos levar o fio terra para dentro de cada tomada. Pasmem! Ao fecharmos o "negócio" nosso eletricista me disse: "Eu sei que aqui é uma missão e que vocês trabalham para Deus. Eu também trabalho para Deus fazendo o trabalho de eletricista, então vou cobrar como irmão". Ele cobrou um sexto do orçamento dos outros. Tivemos uma economia de quase três mil reais!

Com isso eu posso dizer que mais uma vez Deus foi misericordioso e fez mais um milagre em nosso meio, guardando nossos equipamentos e nossas vidas de qualquer dano. Esse milagre me custou ficar na Cruzada durante todo o dia de sábado e o domingo também quando meus irmãos estavam tendo o congresso de Alfa e Omega depois do Passion, mas fiquei com prazer por ver o livramento de Deus. Louvo muito a Deus.
"Se o Senhor não guardar a casa, em vão vigiam as sentinelas"



sábado, 10 de maio de 2008

SOS MYANMAR

Hoje é o 6º dia após o ciclone Nargis em Myanmar. A última notícia é de que teriam morrido mais de 100.000 pessoas e pelo menos um milhão de desabrigados, sem água potável, sem luz e a comida escassa. O efeito tsunami após o ciclone inundou as regiões. A demora em limpar trará contaminação e assim doenças que podem irromper em epidemia numa situação extremamente precária. O país já era muito carente na área de atendimento de saúde.

Necessitam urgentemente de água potável, alimentos, medicamentos e abrigos adequados. Somente em uma cidade, Bogolay, 10.000 pessoas morreram do ciclone que destruiu 95% das casas. Na insalubridade e falta de medicamentos "o nosso maior receio é que o que vem a seguir se torne mais fatal que o próprio ciclone," disse Caryl Stern, chefe da Unicef. Ainda não se consegue fazer avaliação da extensão do desastre nas regiões interioranas.

COMO NÃO AJUDAR NESSA HORA DE GRANDE DESESPERO DE MILHÕES DE PESSOAS?
O governo de Myanmar continua fechando as portas para ajuda de recursos humanos externos. Só ontem no 5º dia deixaram entrar a ajuda do Programa de Alimentação Mundial (World Food Programme).

ORE pela abertura e concessão de visto para os socorristas do mundo inteiro levando milhares de toneladas de suprimento que estão em Bangkok, Tailândia, à espera de permissão para entrar em Myanmar.

Em contato direto com várias organizações mundiais de socorro emergencial, estão formando parceria para o envio de alguns socorristas brasileiros junto com uma equipe internacional de grande experiência e com equipamentos específicos para socorro em catástrofes. As nossas parceiras estão buscando formar estrutura interna junto às igrejas locais nas áreas devastadas. Da Rede SOS Global há quatro voluntários brasileiros até agora que atuam nas áreas de saúde, água potável, reconstrução de casas e logística. Todos já passaram pelos treinamentos da Rede.

ORE por eles para que consigam todo o necessário para viajar: visto de entrada, licença dos seus empregos, passagem aérea e suprimento para levar e entregar ao povo.

COMO SE TORNAR SOCORRISTA JUNTO À REDE SOS GLOBAL?
Inscreva-se e participe dos próximos treinamentos:

  • Dias 22-24 de maio no II CENPS - CONGRESSO EVANGÉLICO NACIONAL DE PROFISSIONAIS DE SAÚDE no SESC em Belo Horizonte - a 1ª fase do treinamento de Socorro Emergencial. http://www.cenps.com/
  • Dias 21-24 de agosto junto à ACEH - Associação de Capelania Evangélica Hospitalar - a 3ª fase do treinamento “Aconselhamento no Socorro Emergencial” e triagem dos socorristas. (11) 3258-4133

Mais informações:
AME – Associação Missão Esperança
(11) 5643-9685
amebrasil@terra.com.br
redesosglobal@terra.com.br

CEM – Centro Evangélico de Missões
(31) 3891-3030
tonica@cem.org.br

quinta-feira, 8 de maio de 2008

PESCADORES SEM PEIXES

Recebi o texto abaixo de uma amiga. É de um autor desconhecido. A parábola dos pescadores sem peixe.

Era uma Associação de Pescadores, que vivia no meio de rios e lagos, cheios de peixes famintos. Eles se reuniam regularmente para discutir sobre o chamado para pescar,a abundância de peixe e a emoção de pegar peixes.Ficavam muito animados com o assunto da pescaria.

Alguém sugeriu que o grupo precisava de uma filosofia de pesca.Assim,cuidadosamente, definiram e redefiniram a pesca e o propósito da pescaria. Desenvolveram estratégias e táticas. De repente perceberam que haviam começado de trás para frente – haviam se interessado pela pescaria do ponto de vista do pescador, e não do ponto de vista do peixe. Como o peixe vê o mundo? Como vê o pescador? O que e quando o peixe come? Era importante entender essas coisas. Por isso, iniciaram estudos e pesquisa. Participaram de conferências sobre a pescaria. Muitos viajaram a lugares longínquos para estudar diferentes tipos de peixes, com diferentes hábitos.Alguns obtiveram Ph.D. em piscicultura.Contudo,ninguém foi pescar. Formou-se,então,um comitê para enviar pescadores. Havia muito mais lugares propícios para pescar do que pescadores. Por isso, o comitê precisava determinar prioridades.

A lista de prioridades foi colocada em quadros de avisos em todos os salões da Associação. Mas, como antes, ninguém estava pescando ainda. Foi feita uma pesquisa para saber por quê. A maioria não respondeu ao questionário, mas, entre os que responderam, descobriu-se que alguns se sentiam chamados para estudar a pesca, outros para fornecer equipamentos de pesca e outros, ainda, para encorajar os pescadores. E, com tantas reuniões, conferências e seminários, simplesmente não tiveram tempo para pescar.

Jacó era novato na Associação de Pescadores. Depois de uma reunião muito animada, ele foi pescar. Fez algumas tentativas, pegou o jeito e conseguiu pegar um lindo peixe! Na reunião seguinte, ele contou sua história e foi elogiado pelo sucesso. Acabou sendo convidado para falar em todos os núcleos da Associação e contar como havia sido a sua pescaria. Assim, com tantos compromissos e por ter sido eleito para a diretoria da Associação, Jacó nunca mais teve tempo para pescar.

No entanto, não demorou muito e ele começou a se sentir intranqüilo e vazio. Teve saudades da pesca propriamente dita, de sentir o puxão no anzol. Assim, decidiu deixar a diretoria da Associação, bem como os demais compromissos com os núcleos, e convidou um amigo para ir pescar com ele. Os dois foram – sozinhos – e pegaram peixes. Os membros da Associação de Pescadores eram muitos e os peixes eram abundantes. Mas os pescadores continuavam sendo muito poucos.
Após ler o texto acima, eu me pergunto: Será que eu tambem não sou uma dessas pessoas que fala sobre pescaria em cima de vivencias do passado? ou será que não sou convidada para falar de algo que pelo menos deveria ser normal a todo e qualquer cristão e porque o faço, sou considerada experiente no assunto? Meu Deus, tenho dúvidas sobre isso. Temo tornar-me "especialista" só porque tenho um pouquinho mais de vivencia do que os demais, mas se comparada com o que deveria ser, eu também sou inadequada? Que Deus tenha misericordia de mim e de nós e levante mais "Jacós".

sexta-feira, 2 de maio de 2008

50 ANOS DE VIDA - 30 DE MINISTÉRIO






Dia 30 de Abril, completei meio século de vida e 30 anos como missionária da Cruzada Estudantil. Meus amigos prepararam uma festa surpresa e foi realmente muito emocionante. É preciso registrar minha alegria por momentos tão singelos mirando rostos tão familiares e tão queridos.


Posso dizer com toda segurança, que sou muito amada e que essas pessoas enriquecem minha vida, tornando-a mais leve. Como louvo a Deus por todos vocês. Sinto-me tremendamente lisonjeada e é realmente um privilégio estar cercada de gente assim. Ganhei presentes muito lindos por sinal, mas não há nada neste mundo que possa comprar a afeição, o carinho, o apôio, a amizade, a cumplicidade e o calor de gente como vocês. Eu os amo muito!!!!!!!! Vocês enriquecem minha vida. Estejam certos disso!!!!!!!!!


segunda-feira, 28 de abril de 2008

UMA IMAGEM VALE MAIS QUE PALAVRAS

Confira o vídeo de um acampamento realizado na Bahia pelos estudantes do Alfa e Omega. Vale a pena! http://br.youtube.com/watch?v=BpQGxHDwy-Y

domingo, 30 de março de 2008

ESPERANÇA PARA ÁFRICA


O Conselho de Segurança da ONU tem apontada a AIDS/ SIDA, como uma ameaça à segurança mundial. Na África, uma multidão crescente de órfãos e viúvas tem sido o trágico legado desta horrível epidemia. Em 2010, haverá 50 milhões de órfãos HIV/ SIDA, o que gerará uma desordem social de proporções catastróficas. Eu acredito que a resposta para os problemas sociais continua sendo Jesus Cristo. O desafio da Igreja ao redor do Mundo, é fazer frente a essa enorme crise social. Quando Cristo for levantado em nossos corações, com certeza sairemos de nossas vidas ensimesmadas e nos importaremos com essas questões. Eu particularmente, quero me importar e se não posso abraçar ao mundo inteiro, quero pelo menos ajudar a sustentar uma dessas crianças vítimas de um mundo caido e alheio à vida de Deus.

Nesse final de semana, tive o privilégio de ouvir crianças de Uganda, contando seus depoimentos, contando como alguém que se importava fêz a diferença na vida delas. Sem mãe, sem pai, sem avós, sem uma casa pra morar, sem esperança de educação, essas crianças, vivem em comunidades onde a presença de maes e pais "adotivos" fizeram a diferença na vida delas.
Se você deseja conhecer mais sobre este ministério, acesse o site: http://www.watoto.com/

segunda-feira, 24 de março de 2008

JUNTOS NA ORAÇÃO - 30/03 a 09/05


Louvo a Deus pela vida dos líderes desta nação, comprometidos com a oração e evangelização. Recentemente, Pr Edison Queiroz, da 1a. Igreja Batista de Santo André, iniciou uma convocação de 40 dias de oração e Jejum em favor da nossa nação. Ele começa assim a chamada: "Você já imaginou .... igrejas lotadas buscando a Deus? Políticos, sem corrupção, defendendo os direitos do povo? A Sociedade vivendo em paz e segurança? Jesus Cristo sendo glorificado na mídia? Lares cheios de paz e harmonia? Um grande avivamento espiritual? Parece utopia, mas pode ser realidade, se você e sua igreja consagrarem 40 dias de jejum e oração".
Lembro-me quando Don Peterson chegou ao Brasil e como missão, convocamos várias igrejas e pastores para um treinamento de oração e jejum. Pr Edison naquela época, convocou todos os pastores de sua região e lá estavamos aprendendo e orando em favor do Brasil.
Hoje, mais uma vez, esta ai a convocação. Como missionária da Cruzada Estudantil e Profissional para Cristo, eu digo sim. Eu quero participar e mobilizar o maior número de cristãos a orarem pedindo para que Deus tenha misericordia de nossa nação.
Acesse o site para obter mais informações: :http://www.jejum40dias.com.br//

domingo, 9 de março de 2008

FOMOS FURTADOS!

Não tinha ainda uma semana que estavamos na nova sede da Cruzada Estudantil na Vila Mariana, quando sofremos um tremendo furto. Na madrugada de sexta-feira a sede foi invadida por uma quadrilha que levou todos os nossos computadores, impressoras, fax, ar condicionado, servidor, tudo o que tínhamos de valor.
O mais chocante não é tanto a perda dos equipamentos, mas os materiais que tínhamos em cada maquina. Infelizmente, nosso back-up também foi levado, não sobrando nada para contar a história. Foi duro ouvir os proprios policiais dizendo que há uma quadrilha na região que tem molestado muitos comerciantes, mas fica apenas no saber, sem nenhuma medida para que esses furtos acabem.
Minha primeira reação foi um desejo grande de amaldiçoar essas pessoas que fizeram tamanho estrago, mas acabei orando para que Deus tivesse misericórdia dessa gente e os faça conscientizar de quants estragos andam fazendo. Se eles tivessem ao menos, um pouquinho de temor de Deus, interromperiam essas ações. Quanto a mim, oro para que Deus nos dê graça para que consigamos recompor nosso escritório muito melhor do que estava. Àqueles que me leem peço ajuda em oração para que Deus continue nos guardando bem como a nossa sede. Contudo, estou feliz porque estou relatando apenas a perda de bens materiais e não a perda de pessoas.

segunda-feira, 3 de março de 2008

A CRUZADA ESTUDANTIL EM NOVO ENDEREÇO

Depois de muita procura, conseguimos mudar a sede da Cruzada Estudantil. Estamos agora, bem pertinho da estação Ana Rosa do Metrô. Nosso novo endereço: Rua Machado de Assis, 88 - Cep 04106-010 - São Paulo-SP. Fone: (11) 5084-4111. Nesse telefone, você consegue falar com todos os ministérios da Cruzada em São Paulo.
Quando tiver um tempinho, dê uma passadinha lá para conhecer nosso movimento!

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

SEPARADOS PARA A OBRA MISSIONÁRIA

Em Recife, havia um grupo de 91 estudantes universitários, que dedicaram suas férias para um proposito missionário. Estavam evangelizando na Universidade Federal de Pernambuco. Estive lá por uma semana e sai de lá muito impressionada com a dedicação de cada um deles. Gente de todos os lados do Brasil, do Sul, do Sudeste, do Norte e Nordeste.

Conheci alguns deles mais de perto porque assumiram o compromisso de servir a Cristo de tempo integral. Na foto, apenas a Liege de camiseta verde é veterana e foi a coordenadora desse projeto missionário. Os demais, acabaram de ser aceitos como "calouros" no ministério.
Esse grupo é apenas uma parte dos 17 novos missionários que entrou para trabalhar entre os estudantes universitários. Estão agora na fase de desenvolvimento de sócios de ministério. Ou seja, buscando sócios que se unirão a eles no ministério como intercessores e mantenedores. Assim que conseguirem levantar a equipe de sócios, serão enviados para receber treinamento ministerial enquanto trabalham em uma universidade como missionários em treinamento.

Como sou feliz em participar disso tudo! Se você deseja ler um pouquinho mais do Projeto Recife, clique no título acima e leia diretamente do blog da Liege.