quinta-feira, 31 de agosto de 2006

Tradições Indígenas Polêmicas

Clique no título acima e leia uma reportagem completa sobre um problema sério de homicídio de crianças em tribus indígenas. Missionários que trabalham com esta população já foram "convidados" a se retirar das tribus, porque priorizaram a vida e não a morte.
É uma situação difícil para os missionários, quando precisam se contextualizar sem violar os direitos indígenas.

sexta-feira, 25 de agosto de 2006

Contagem Regressiva

Faltam 7 dias para a Conferência Missionária". Começa na sexta-feira dia 1 de sembro e termina no domingo à noite, dia 3 de setembro. Venha, vamos dar as mãos e nos unir para ajudar a cumprir a Grande Comissão dada por Jesus Cristo, sendo um dos trabalhadores da Colheita!


terça-feira, 22 de agosto de 2006

Miséria na Europa

Tive o grande prazer de conhecer este lindo casal, Pr Lauro & Rosane, missionários brasileiros, que vivem na Bélgica. Eles são missionários da Missão Amém. Foi muito interessante a abordagem que eles fizeram quando começaram a falar da Bélgica: "Miséria na Europa". A Bélgica como nação é, espiritualmente, um dos países mais carentes da Europa. A pedofilia tem sido apoiada desde que as crianças tenham mais de 12 anos; as praticas satânicas alcançaram as mais altas camadas da sociedade, até as igrejas cristãs foram afetadas. Um país com alto índice de suicídio. Enfim um país carente do ponto de vista espiritual. Tão rico e tão pobre.Clique no título desta postagem e confira o site destes queridos missionários brasileiros.

sexta-feira, 18 de agosto de 2006

3a. CONFERÊNCIA MISSIONÁRIA

Nos dias 1, 2 e 3 de Setembro, a Igreja Batista do Povo estará promovendo a 3a. Conferencia Missionária com o tema: "Comprometidos com a Grande Comissão". Um dos preletores será o Pr Edison Queiroz. Ele foi co-pastor e pastor da PIBSA (1a.Igreja Batista de Santo André) por mais de quinze anos, de onde saiu em 1989 para desafiar a Igreja em várias partes do mundo visando o despertamento para a obra missionária. Exerceu seu último ministério na Igreja Batista do Flamingo na Florida-USA. Está voltando para dirigir a PIBSA, de modo que a mesma continue avançando rumo ao cumprimento da sua Missão, Visão e Estratégia.
A outra preletora será a Missionária Durvalina Bezerra. Ela dirige há 10 anos o Seminário do Betel Brasileiro em São Paulo, foi presidente e agora é a 1a. Vice-presidente da Associação de Professores de Missões do Brasil e Coordenadora do Movimento Internacional de Mulheres da Ação Global para o Estado de São Paulo. No sábado à tarde, Durvalina estará ministrando uma oficina sobre "A Missão de Interceder - Oração na Obra Missionária", com base em seu livro com o mesmo tema.

Se você deseja ampliar sua visão sobre missões e o seu papel na transformação do Mundo, faça planos de participar. Estaremos exibindo alguns vídeos , "curtas" sobre a situação atual e o desafio dos campos missionários.

Agenda:

Sexta-feira - 20hs
- Abertura - Pr. Edison Queiróz
Sabado - 14hs - Oficina - Mis. Durvalina Bezerra
Sabado - 19hs - Pr. Edison Queiróz
Domingo - 10hs - Mis. Durvalina Bezerra
Domingo - 16hs - Mis. Durvalina Bezerra
Domingo - 18hs - Mis. Durvalina Bezerra
A Igreja Batista do Povo, está situada na Av. Domingos de Morais, 1100, entre as estações Vila Mariana e Ana Rosa do Metrô.

sexta-feira, 11 de agosto de 2006

BRINCANDO...SE PREGA O EVANGELHO

Estava num ponto de ônibus com minhas duas irmãs e um cunhado, quando começamos uma brincadeira. Eu estava checando a Elda para saber até onde ela tinha memorizado o folheto das "Quatro Leis Espirituais"- um folheto usado no mundo inteiro para evangelismo pessoal.No dia anterior ela foi comigo a um treinamento que ministrei numa igreja sobre evangelismo.

Enquanto a Elda mencionava as leis, eu perguntava, quais eram os versículos implicados naquelas leis. A Carla, rindo, ouvia atentamente nosso "treinamento de brinacadeira". Quando o ônibus chegou, a Elda estava explicando os dois tipos de vida – A vida controlada pelo eu e a vida controlada por Cristo. Por ser um exercício de memorização, não tínhamos o folheto em mãos. Ao entrarmos no ônibus, tirei um folheto da bolsa e entreguei para Elda. Ela, por sua vez, entregou para Carla e perguntou: "Carla, qual dos dois círculos representa a sua vida?". A Carla que estava sentada no banco de trás com o seu companheiro disse quase que imediatamente: "O Eu".

A Elda surpresa com a resposta disse: "Carla, que vergonha! Você foi criada na igreja e ainda não tem Jesus?". Como eu estava treinando minha irmã, imediatamente falei com a Elda para não recriminá-la. "Ela está sendo sincera e está levando a sério" eu disse, "aproveite e colha o fruto". A Elda refeita do susto, então perguntou: "Mas qual tipo de vida você quer ter Carla?" "Eu quero Jesus" disse ela.

Ali mesmo no ônibus, Carla silenciosamente fez a oração indicada no folheto e recebeu a Cristo. Após a oração a Elda lhe disse: "Agora que você já tem Jesus, estude o folheto e leia depois para o Junior".

Desci do ônibus com um misto de surpresa e alegria; eufórica. Surpresa porque pensei que minha irmã já tivesse entregado a vida a Jesus, mas segundo ela, só freqüentou a igreja por um tempo. Desde algum tempo Carla está procurando acertar sua vida, vai se casar agora em novembro com o seu companheiro e constatamos que ela realmente quer levar a vida cristã a sério.

Alegre, porque enquanto eu "brincava" de treinar a Elda, a Carla foi evangelizada e já saiu com uma incumbência de passar para frente o que aprendeu. Eufórica, porque pensei que quando a gente realmente vive o Evangelho, as nossas brincadeiras não estão desconectadas daquilo que cremos.É sobre isso que Deus tanto falou no Antigo Testamento sobre a Lei: "ensine-as com persistência a seus filhos. Converse sobre elas quando estiver sentado em casa, quando estiver andando pelo caminho, quando se deitar e quando se levantar".

E que Deus nos ajude a fazer do evangelho um modo de vida e não apenas um apanhado de conceitos e preceitos que só lembramos quando vamos à igreja!

ESQUIZOFRENIA ESPIRITUAL

O termo "esquizofrenia" foi criado em 1911 pelo psiquiatra suíço Eugem Bleuler com o significado de mente dividida. O autor ressaltou a dissociação que às vezes o paciente percebe entre si mesmo e a pessoa que ocupa seu corpo.
O paciente faz uma cisão, uma separação entre o corpo e os aspectos psíquicos.

Pensando no aspecto espiritual, acredito que em função de uma má formação espiritual pela falta de "uma boa maternagem" que nada mais é do que um discipulado dinâmico e integral corre-se o risco de fazer uma cisão entre o sagrado e o "profano" e conseqüentemente, formamos outros da mesma espécie.

Durante a semana, somos os "profissionais" e no exercício desta profissão excluímos nossos valores, nossos princípios e acabamos por viver uma vida totalmente avessa à fé. Às vezes, o máximo que conseguimos é dizer a outros que somos crentes e paramos por ai. Tememos misturar profissão e fé. Alguns mais conscientes procuram levar estas pessoas aos "profissionais da fé" ou seja, aos pastores e missionários para que estes evangelizem os seus colegas.

Percebo que alguns de nós não damos conta da tremenda oportunidade que temos no simples fato de conhecer uma rede de pessoas que os "profissionais da fé" nunca teriam acesso, isso porque estas pessoas dificilmente freqüentariam nossas reuniões. Se estas pessoas não comparecem à igreja, então a igreja irá até elas, através do testemunho dinâmico dos profissionais que não separam fé e profissão.

Nenhum de nós é tão pobre espiritualmente que não possa ter o suficiente para compartilhar com outros a respeito da relação com Deus. É considerada doença aquele que faz esta cisão. Jesus já veio em nós através do Espírito Santo e este já derramou amor em nossos corações, para que, a tempo e a fora de tempo sejamos os profissionais que não separam o sagrado do "profano", porque já entendemos que tudo é santo. Como disse o apóstolo Paulo: E tudo que fizerdes fazei-o para o Senhor.

segunda-feira, 7 de agosto de 2006


A igreja Batista do Povo, que faço parte, tem empenhado os seus esforços para divulgar o Evangelho de Jesus Cristo, não apenas no Brasil mas no mundo. Acreditamos que esta é uma responsabilidade de todos aqueles que experimentaram a realidade de um relacionamento pessoal com Jesus. A estes, Ele deixou um mandamento: "Vão pelo mundo e anunciem o meu Evangelho". Acreditamos também que nesta era imediatista, fast-food, acabamos nos concentrando muito em nós mesmos, nos resultados imediatos e nos esquecemos dos valores eternos, da missão da vida, etc... Pensando nisto, é que elaboramos estes congressos e conferências para trazermos à memória o nosso papel primeiro no mundo: Conhecer a Deus e torná-lo conhecido.Se você acha que precisa retomar estas coisas importantes, então venha participar conosco desta Conferência. Separe desde já em sua agenda! Participe e Faça a Diferença!
No sábado, dia 2 de setembro, às 14 horas, a missionária Durvalina Bezerra, do Betel estará ministrando especialmente um seminário sobre "A Missão de Interceder". Ore e Participe!

Orando para Fora!

Participei de uma reunião em minha igreja, onde orei num tempo muito significativo em favor de muitas nações. Sai de lá pensando numa das últimas palavras de Jesus Cristo, quando disse que deveríamos levar o Seu Evangelho a todo o mundo. Atos 1:8. Para mim, fica muito claro que Jesus está falando neste texto não apenas sobre a evangelização mas também sobre oração. A evangelização e a oração caminham juntas. E... quando falamos sobre oração a coisa é meio complicada. Posso até ser uma pessoa que ora, que busca a Deus, mas posso ficar muito concentrada só em mim mesma, ou seja, centrada em meu próprio trabalho, minha casa, meu cachorro, meus amigos, etc… É preciso orar por nós mesmos, mas precisamos nos abrir e orar para fora. Quanto das nossas súplicas centram-se apenas em nós mesmos? Em nossos ministérios, em nossos pequenos grupos, no trabalho de nossa igreja? Quanto das nossas orações são para abençoar pessoas fora de nosso relacionamento habitual? Vamos ser sinceros. Se dividíssemos nosso tempo de oração, acredito que oitenta por cento do tempo, gastamos em orações em favor de nós mesmos.
Uma outra maneira de pensar para fora seria através das contribuições. Já parou pra pensar que quanto mais a gente ganha mais quer ter e quanto mais têm mas precisa ter? Acredito que uma das maneiras de acabar com isso e ao mesmo tempo ser um pouquinho parecido com Jesus Cristo é doando. Doando as nossas orações, doando do nosso tempo, doando do nosso dinheiro a causas justas. Não acho que tenho que pegar meu dinheiro e doar indiscriminadamente, mas de forma pensada, analisada, contribuir com causas que valham a pena. O que voces acham disto?
Se quisermos levar o IDE de Jesus a sério, com certeza, teremos que repensar, na forma como oramos e na forma como investimos o nosso dinheiro. Que Deus tenha misericordia de nós!

QUAL O PROPÓSITO DA SUA VIDA?


Qual a sua missão? Desde criança, Jesus entendeu que sua missão na terra era tratar dos "negócios" do Pai e mais tarde, afirma que, assim como foi enviado pelo Pai ao mundo, da mesma forma, ele estava enviando seus discípulos ao mundo. Eles deveriam dar continuidade à sua missão. A palavra "missão" tem sua raiz da palavra latina para "enviar", "remeter" . Seguindo este raciocínio, todos os cristãos, conscientes ou não, assumindo ou não, foram enviados, remetidos ao mundo. O propósito da vida de um cristão é conhecer a Deus e conseqüentemente, torna-lo conhecido. Se tivesse que responder à pergunta: Qual foi a melhor coisa que aconteceu em sua vida? Acredito que você diria: Conhecer Jesus. Então, qual é maior coisa que você pode oferecer aos seus semelhantes? Como disse C.T. Studd, que renunciou fama e fortuna para ir como missionário para Ásia e África: "Se Cristo Jesus sendo Deus, morreu por mim; então nenhum sacrifício que eu faça por Ele pode ser demasiadamente grande".